Porquê ser membro do IAP?

 
O IAP é a associação dos atuários portugueses desde 1945, representando-os perante as entidades nacionais e nas associações internacionais.
 
Parafraseando o Prof. Paul Embrechts, o atuário é um decisor financeiro, conduzido pelos dados, guiado por modelos, crítico, socialmente responsável e defensor do interesse público, num mundo em mudança governado pela incerteza.
 
Numa época com demasiadas opiniões infundadas, ameaças, maledicência anónima, o IAP é uma instituição credível que valoriza as ideias, o debate informado, conclusões fruto da reflexão e dos dados disponíveis. Aqui as opiniões são livres, e baseadas em dados!
 
O IAP promove uma rede profissional em que todos podem colocar as suas questões, discutir os problemas técnicos, participar nas iniciativas de formação e desenvolvimento profissional.
 
Para além da interação e networking com os seus pares, os membros do IAP beneficiam de vantagens importantes:
  • Criação do Código de Conduta Profissional e de Normas Técnicas Atuariais
  • Proteção no exercício da atividade profissional, no respeito do código de conduta e das normas em vigor 
  • Promoção do profissionalismo e do interesse público
  • Acesso a espaços de debate e de encontro
  • Formações a preço especial   

Como ser membro do IAP

 
De acordo com o Artigo 6.º dos Estatutos, para ser admitido como membro efetivo (atuário ou atuário titular), o candidato deve:
 
As admissões como membro são decididas pela Comissão de Acreditação.
Se a sua formação universitária formal não for suficiente, mas exercer funções de suporte técnico de natureza atuarial, poderá ser admitido como técnico de atuariado.